Habilidades para empreender com sucesso

Por: Ideia no Ar . Publicado em:28/05/2018

Empreendedorismo

Se você vive no planeta Terra, é bem provável que tenha notado que a palavra “empreendedorismo” ganhou um destaque maior ao longo dos últimos anos. Uma das razões para que isso tenha acontecido é que, de fato, o número de empreendedores aumentou no país.

Esse crescimento foi alavancado principalmente pelos pequenos empreendedores, que elevaram para 7,7 milhões o número de inscritos na categoria MEI (ou Microempreendedor Individual). Porém, sem o devido preparo para tocar o negócio, a maioria dessas iniciativas pode entrar para as temidas estatísticas de mortalidade empresarial e acabar fechando as portas em poucos anos.

Mas como fugir, o máximo possível, desse destino adverso?

A verdade é que não existe uma “receita de bolo” que leve o empreendedor ao sucesso. Em alguns casos essa realidade vai depender mais dos brios e da força de vontade de quem empreende do que, necessariamente, o cenário de mercado em que o empreendedor que entrar. De qualquer forma sabemos que, além da prática, é imprescindível o networking, processos de mentoria, consultoria e até cursos de empreendedorismo nessa jornada.

É por isso que, felizmente, existem alguns fatores e habilidades que fazem a diferença e que podem transformar o MEI no potencial máximo de geração de negócios de quem sonha fazer a diferença.

Para descobrir se você já tem o que precisa para prosperar, ou se deve começar a olhar com mais atenção para esses itens a partir de agora, veja a listinha de habilidades que fizemos abaixo.

Fica a dica: caso perceba que ainda não tem qualquer das habilidades apresentadas, lembre-se de que é possível se aprimorar e desenvolvê-las!

.

#1 Boa visão de mercado e visão global

Um estudo intitulado Sobrevivência das Empresas no Brasil, desenvolvido pelo SEBRAE em parceria com a Fundação Getúlio Vargas, indica que uma característica comum às empresas que prosperam é conhecimento prévio de mercado.

Isso significa que, de fato, experiência faz a diferença. E significa, também, que você pode começar do zero e reunir condições para ser um empreendedor de sucesso desde que se dedique a conhecer o mercado, suas demandas e desafios.

O mesmo vale no que diz respeito ao desenvolvimento de uma visão global relacionada ao próprio negócio. Quer você seja um freelancer ou candidato a dono de uma grande empresa, precisa ter boa noção do funcionamento completo da sua engrenagem e do seu mercado.

Isso porque há variáveis externas (do mercado) e internas (do próprio negócio, mesmo que você seja a única pessoa diretamente envolvida com ele) que influenciam a rotina, atividades, planos e resultados.

Além disso, o mercado está em evolução constante – e acompanhá-lo é fundamental para antever tendências, detectar oportunidades e conseguir manter a relevância do seu empreendimento ao longo do tempo.


.

#2 Habilidade para planejamento

A falta de planejamento está entre os motivos de destaque para que empreendedores falhem em tocar o próprio negócio.

Quanto mais conhecimento do mercado e do próprio negócio você tiver, mais condições terá para realizar projeções que embasam seu planejamento — e isso vale para financeiro, demais recursos e qualquer situação que impacte ou possa alterar seus resultados.

Em outras palavras, a habilidade para planejamento é o que evita que você e seu negócio sejam pegos de surpresa (e totalmente despreparados) para lidar com alguma adversidade (que vai aparecer pelo caminho, é claro, porque é isso que as adversidades fazem: elas sempre aparecem).

.

#3 Habilidade para lidar com mudanças

É justamente isso que nos leva à habilidade para lidar com mudanças: a adversidade ou o imprevisto que vão forçar um novo rumo ou mudança de posicionamento.

Isso significa mais do que fazer uma reserva financeira para quando a quantidade de freelas baixar, ou para quando um feriado forçar uma pausa nas atividades da lanchonete que você acabou de abrir. Não basta saber que há fatores externos e internos fogem ao seu controle atrapalha até o mais sólido dos planejamentos.

O empreendedor de sucesso precisa entender que, por vezes, saber lidar com mudanças é aceitar rever objetivos, metas e expectativas. E isso tem a ver com a parte “emocional” do seu negócio. Aceitar adiar algum sonho de expansão ou mudar a rota para alcançá-lo é fundamental para não tomar decisões que coloquem tudo a perder.

.

#4 Motivação – sua e dos seus clientes

Você provavelmente já conhece a ideia de empreender com propósito. Ter clareza das razões que levaram você a querer ter o próprio negócio, bem como dos objetivos que você deseja alcançar, são motivação extra para enfrentar as dificuldades e encontrar o sucesso.

Contudo, é necessário entender que, em meio ao que você busca, existe também aquilo  que o seu público espera do seu empreendimento.

O sucesso de um negócio está atrelado a essa relação entre o seu propósito e a forma como o público de interesse se relaciona com ele. Saber fazer essa leitura, que permite melhor direcionar seu planejamento e ações, fortalece a própria motivação e aumenta as chances de melhores resultados.

É possível empreender sem lapidar essas habilidades? Claro. Tirando a parte burocrática, que às vezes é bem chata, começar um negócio é relativamente fácil e só precisa de uma ideia e, dependendo do segmento, um capital inicial.

Essas habilidades, porém, são o fator decisivo que divide os negócios que começam e continuam do que os que se perdem pelo caminho – e é por isso que todas merecem atenção especial da sua parte antes de tirar os sonhos do papel e colocá-los em prática.

Se você gostou dessas dicas, saiba que você sempre pode achar muito mais delas, tanto aqui na Ideia no Ar quanto na Profissas. Mas, agora, conta pra gente: você está preparado para empreender e alcançar o sucesso ou ainda precisa de uma mãozinha?

.

Ideia no Ar

Publicado por:

Ideia no Ar

Veja também

Acompanhe nossos materiais e conteúdos, para aprender tudo sobre como criar seu próprio marketplace de nicho, seja para escalar sua empresa ou monetizar sua base de vendedores e clientes.